Exibindo um único resultado

contratar o monitor
O MONA Pedra do Baú está inserido em meio à Mata Atlântica, com aspectos de vegetação de altitude e grande diversidade de fauna. A área da Unidade é composta por formações vegetais pertencentes à Mata Atlântica, como os Campos de Altitude (Refúgio herbáceo/arbustivo altomontano), Mata de Araucárias (Floresta Ombrófila Mista) e a Mata Nebular (Floresta Ombrófila Densa Altomontana). Além disso, nos pontos de altitudes menos elevadas, há presença da transição de fitofisionomias (ecótono) entre as Florestas Ombrófilas Mistas e as Florestas Estacionais Semideciduiais. No interior da Unidade há a famosa Pedra do Baú, com 1.195 metros de altitude, rocha que dá o nome à Unidade de Conservação.
Em meio à deslumbrante paisagem da Serra da Mantiqueira, um conjunto de rochas se destaca com imponência no município de São Bento do Sapucaí: a Pedra do Baú e suas “irmãs”, Bauzinho e Ana Chata. O conjunto de rochas tem pelo menos 30 vias de escalada, com diversos graus de complexidade técnica e dificuldade, e diferentes extensões e altitudes. Do alto da pedra, é possível ter uma bela vista da Serra da Mantiqueira, na região da divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Além disso, a pedra, em si, é tão evidente na paisagem que chega a ser visível de diversas localidades do Vale do Paraíba, já tendo sido usada como instrumento de navegação geográfica.

Roteiros disponíveis:
1) Roteiro das Duas Pedras

O Roteiro das Duas Pedras, que contempla atualmente a Pedra do Bauzinho e a Pedra da Ana Chata, é uma incrível opção de aventura. O visitante pode escolher por conhecer as 2 pedras ou somente uma delas:1) Pedra do Bauzinho: o visitante pode fazer a Trilha do Bauzinho, que leva ao mirante do Bauzinho. Apesar de ser um trajeto curto (1,12 km - ida e volta), apresenta certo nível de dificuldade;

2) Pedra da Ana Chata: o visitante pode fazer também a Trilha da Ana Chata, com 4,08 km (ida e volta) e maior grau de complexidade. Pelo fato de o terreno ser irregular e possuir trechos onde é necessário fazer "escalaminhada", a Trilha da Ana Chata não é recomendada para pessoas com mobilidade reduzida.

AVISOS IMPORTANTES:

a) Atualmente, o único acesso ao cume da Pedra do Baú é pela Face Norte, pela Trilha do Chico Bento, que preferencialmente deve ser realizada com o acompanhamento de agências locais de turismo de aventura. A via ferrata da Face Sul da Pedra do Baú está interditada pela Defesa Civil, devido ao desprendimento de rochas. Quando o roteiro for reaberto, o ordenamento será definido;

b) Para realizar o Roteiro das Duas Pedras, não é necessário o agendamento prévio. Basta respeitar a limitação diária de visitantes (reduzida, em razão do Protocolo Covid-19).

Dicas e orientações:

a) Locais com risco de acidentes! Atenção à sinalização e às recomendações dos funcionários;

b)Capacidade reduzida dos atrativos, por conta do Protocolo Covid-19;

c) Use calçados fechados e próprios para caminhada;

d) Orientação aos visitantes na portaria do Bauzinho;

e)Roteiros não recomendados para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

2) Trilha do Chico Bento (Face Norte - Pedra do Baú)

Uma das principais trilhas do MONA Pedra do Baú é a Trilha do Chico Bento, utilizada por montanhistas e visitantes em geral. A trilha leva ao "pé" da Pedra do Baú (Face Norte) e também dá acesso à escada para subida à Pedra do Baú (1.950m de altitude), chamada de "via ferrata", da qual o visitante deve subir preferencialmente acompanhado de um condutor ou agência de turismo de aventura e devidamente equipado ou se tiver os próprios equipamentos de segurança necessários, conforme Portaria Normativa FF/DE nº 301/2019. A Trilha do Chico Bento também dá acesso à Face Sul da Pedra do Baú, atualmente interditada, e Ana Chata. Apresenta nível de dificuldade moderado, devido à declividade e terreno irregular, com rampas de rocha e corrimão. O ambiente do local é úmido, com vegetação fechada.

A trilha tem início no estacionamento do Chico Bento. Do centro de São Bento do Sapucaí até o estacionamento, gasta-se de 20 a 30 minutos.

PARA A SUBIDA NA PEDRA DO BAÚ, É NECESSÁRIO FAZER O AGENDAMENTO PRÉVIO COM ANTECEDÊNCIA MÍNIMA DE 1 DIA, POR WHATSAPP (12-99632-1017).

AVISOS IMPORTANTES:

a) Para subir na Pedra do Baú pela Trilha do Chico Bento, o visitante pode contratar monitor ambiental de agência local de turismo de aventura;

b) Caso o visitante já possua os equipamentos necessários, conforme Portaria Normativa FF/DE nº 301/2019, não precisará estar acompanhado de monitor, bastando fazer o agendamento prévio com antecedência mínima de 1 dia, por WhatsApp (12-99632-1017).

MONA Pedra do Baú

R$ 10,00 Cobrança no local INGRESSO
PARA BRASILEIROS
Finais de semana e feriados, das 09h às 16h

O MONA Pedra do Baú está inserido em meio à Mata Atlântica, com aspectos de vegetação de altitude e grande diversidade de fauna. A área da Unidade é composta por formações vegetais pertencentes à Mata Atlântica, como os Campos de Altitude (Refúgio herbáceo/arbustivo altomontano), Mata de Araucárias (Floresta Ombrófila Mista) e a Mata Nebular (Floresta Ombrófila Densa Altomontana). Além disso, nos pontos de altitudes menos elevadas, há presença da transição de fitofisionomias (ecótono) entre as Florestas Ombrófilas Mistas e as Florestas Estacionais Semideciduiais. No interior da Unidade há a famosa Pedra do Baú, com 1.195 metros de altitude, rocha que dá o nome à Unidade de Conservação.
Em meio à deslumbrante paisagem da Serra da Mantiqueira, um conjunto de rochas se destaca com imponência no município de São Bento do Sapucaí: a Pedra do Baú e suas “irmãs”, Bauzinho e Ana Chata. O conjunto de rochas tem pelo menos 30 vias de escalada, com diversos graus de complexidade técnica e dificuldade, e diferentes extensões e altitudes. Do alto da pedra, é possível ter uma bela vista da Serra da Mantiqueira, na região da divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Além disso, a pedra, em si, é tão evidente na paisagem que chega a ser visível de diversas localidades do Vale do Paraíba, já tendo sido usada como instrumento de navegação geográfica.
Roteiros disponíveis: 1) Roteiro das Duas Pedras
O Roteiro das Duas Pedras, que contempla atualmente a Pedra do Bauzinho e a Pedra da Ana Chata, é uma incrível opção de aventura. O visitante pode escolher por conhecer as 2 pedras ou somente uma delas:1) Pedra do Bauzinho: o visitante pode fazer a Trilha do Bauzinho, que leva ao mirante do Bauzinho. Apesar de ser um trajeto curto (1,12 km - ida e volta), apresenta certo nível de dificuldade; 2) Pedra da Ana Chata: o visitante pode fazer também a Trilha da Ana Chata, com 4,08 km (ida e volta) e maior grau de complexidade. Pelo fato de o terreno ser irregular e possuir trechos onde é necessário fazer "escalaminhada", a Trilha da Ana Chata não é recomendada para pessoas com mobilidade reduzida. AVISOS IMPORTANTES: a) Atualmente, o único acesso ao cume da Pedra do Baú é pela Face Norte, pela Trilha do Chico Bento, que preferencialmente deve ser realizada com o acompanhamento de agências locais de turismo de aventura. A via ferrata da Face Sul da Pedra do Baú está interditada pela Defesa Civil, devido ao desprendimento de rochas. Quando o roteiro for reaberto, o ordenamento será definido; b) Para realizar o Roteiro das Duas Pedras, não é necessário o agendamento prévio. Basta respeitar a limitação diária de visitantes (reduzida, em razão do Protocolo Covid-19). Dicas e orientações: a) Locais com risco de acidentes! Atenção à sinalização e às recomendações dos funcionários; b)Capacidade reduzida dos atrativos, por conta do Protocolo Covid-19; c) Use calçados fechados e próprios para caminhada; d) Orientação aos visitantes na portaria do Bauzinho; e)Roteiros não recomendados para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
2) Trilha do Chico Bento (Face Norte - Pedra do Baú)
Uma das principais trilhas do MONA Pedra do Baú é a Trilha do Chico Bento, utilizada por montanhistas e visitantes em geral. A trilha leva ao "pé" da Pedra do Baú (Face Norte) e também dá acesso à escada para subida à Pedra do Baú (1.950m de altitude), chamada de "via ferrata", da qual o visitante deve subir preferencialmente acompanhado de um condutor ou agência de turismo de aventura e devidamente equipado ou se tiver os próprios equipamentos de segurança necessários, conforme Portaria Normativa FF/DE nº 301/2019. A Trilha do Chico Bento também dá acesso à Face Sul da Pedra do Baú, atualmente interditada, e Ana Chata. Apresenta nível de dificuldade moderado, devido à declividade e terreno irregular, com rampas de rocha e corrimão. O ambiente do local é úmido, com vegetação fechada.
A trilha tem início no estacionamento do Chico Bento. Do centro de São Bento do Sapucaí até o estacionamento, gasta-se de 20 a 30 minutos. PARA A SUBIDA NA PEDRA DO BAÚ, É NECESSÁRIO FAZER O AGENDAMENTO PRÉVIO COM ANTECEDÊNCIA MÍNIMA DE 1 DIA, POR WHATSAPP (12-99632-1017). AVISOS IMPORTANTES: a) Para subir na Pedra do Baú pela Trilha do Chico Bento, o visitante pode contratar monitor ambiental de agência local de turismo de aventura; b) Caso o visitante já possua os equipamentos necessários, conforme Portaria Normativa FF/DE nº 301/2019, não precisará estar acompanhado de monitor, bastando fazer o agendamento prévio com antecedência mínima de 1 dia, por WhatsApp (12-99632-1017).

Na compra do ingresso, o visitante tem direito a acessar: estacionamento, banheiros e trilhas. O Centro de Visitantes estará fechado, para evitar aglomerações e a disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19).

Agências de Turismo

Como Chegar

MONA Pedra do Baú

Endereço: Estrada Municipal do Bauzinho, s/nº – Acesso pela Rod. Municipal Thomaz Alckmin – Bairro Paiol Grande (entrada oficial)

Cidade:

Distância de São Paulo:

Previsão do Tempo:

0
    0
    Meu carrinho
    Seu carrinho esta vazioRetornar para a loja